O triplo envelhecimento chegou

É possível, sendo velho, ficar mais velho? E sem deixar de se ser jovem, tornar-se demasiado velho? É e está a acontecer em Portugal, a par de um facto genericamente conhecido: há cada vez mais idosos no país. Tudo somado resulta no conceito “triplo envelhecimento”, que faz parte do livro “Envelhecimento e políticas de saúde”.
A obra, da autoria de Teresa Rodrigues, docente no Departamento de Estudos Políticos da Faculdade de Ciências Sociais e Humanas da Universidade Nova de Lisboa e coordenadora da linha de investigação “Prospetiva e Planeamento Estratégico” do Instituto Português de Relações Internacionais (IPRI), explica como o envelhecimento, quando acontece no topo da pirâmide etária e é acompanhado do aumento da esperança média de vida e, simultaneamente, pelo envelhecimento da base (as idades mais jovens), pela diminuição dos número de nascimentos e pelo aumento da idade média da população, causa uma espécie de tempestade perfeita. “Uma trilogia que permanecerá e se irá intensificar nas próximas duas a três décadas”, alerta a professora.

Notícia do Expresso

Leave a Comment

O seu endereço de email não será publicado.

Contacte-nos
close slider

    Scroll to Top